Relatos de RI[T]OS

RI[T]OS
Oficina Cultural Oswald de Andrade, de 22 a 31 de agosto de 2019
Relatos sobre RI[T]OS, coletados por Pietro Morgado

A menina no começo era o rio, quando o rio ainda era puro. Depois a cidade começa a tomar conta de tudo, então as pessoas começam a ficar aprisionadas. Acho que tinha a ver com uma luta pela liberdade também. Das pessoas e da floresta.
Aparecida

Eu só conseguia reparar em como vocês conseguiam de certa forma, dominar todos os movimentos. Tudo parecia ser feito com completa consciência e rigor. Achei interessante ver os corpos nus e mesmo assim não ter nenhum quesito sexual. Eu sabia que vocês estavam querendo representar outra coisa.
Ettore

O mundo tá muito maluco. E eu via isso naquele começo sabe, depois que a garota do bambu saiu, tudo começou a ficar caótico e do mesmo jeito que vocês estavam, aprisionados, sem ter muita opção ou possibilidade de existir. Mas de algum jeito todo mundo deu um jeito de existir e fazer sua dança, dava pra perceber que cada dança era única.
Depois fiquei bem emocionada e incomodada com as partes do bambu. Eu me sentia desafiada, intimada, colocada contra a parede. Mas ao mesmo tempo era tudo tão calmo.
A música era incrível, uma trilha daquelas.
Van

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

NuTAAN 2016

Núcleo Taanteatro de Formação, Pesquisa e Criação.

Ocupação Taanteatro

A Ocupação Taanteatro no Teatro de Arena Eugênio Kusnet é destinada à apresentação da produção artística da Taanteatro Companhia e da criação autoral de selecionados colaboradores nacionais e internacionais.

[des]colonizações

O Projeto [des]colonizações sinaliza um novo rumo nas pesquisas coreográficas continuadas da Taanteatro Companhia: a aplicação de estudos pós-coloniais ao campo da dança contemporânea. Nesse blog você encontrará informações sobre os objetivos e etapas do projeto. Bem Vindo!

WordPress.com em Português (Brasil)

As últimas notícias do WordPress.com e da comunidade WordPress

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: