24 de maio de 2019

São Paulo, 24 de maio de 2019
por Janina Arnaud

Cuspo tudo.

Escuto e ressoa nas leituras do dia:

Eu sou a chuva que lança a areia do Saara

Sobre os automóveis de Roma

Eu sou a sereia que dança, a destemida Iara

Água e folha da Amazônia

Eu sou a sombra da voz da matriarca da Roma Negra

Você não me pega, você nem chega a me ver

Meu som te cega, careta, quem é você?

Que não sentiu o suingue de Henri Salvador

Que não seguiu o Olodum balançando o Pelô

E que não riu com a risada de Andy Warhol

Que não, que não, e nem disse que não

Eu sou o preto norte-americano forte

Com um brinco de ouro na orelha

Eu sou a flor da primeira música a mais velha

Mais nova espada e seu corte

Eu sou o cheiro dos livros desesperados, sou Gitá gogoya

Seu olho me olha, mas não me pode alcançar

Não tenho escolha, careta, vou descartar

Quem não rezou a novena de Dona Canô

Quem não seguiu o mendigo Joãozinho Beija-Flor

Quem não amou a elegância sutil de Bobô

Quem não é recôncavo e nem pode ser reconvexo

Eu sou o cheiro dos livros desesperados.

Os textos: biopoder. nazismo. matar os demais é torna-los completamente outros, destituídos de humanidade. necropolítica. o racismo decide quem deve viver e quem deve morrer. “racionalidade e terror se conjulgam”.

 A sensações, a revolta, o inconformismo, a impotência. Como engolir palavras-realidades pesadas? Ânsia. Como abrir um corpo fechado para o trabalho? Marretadas. Abraços. Suor. Rachaduras. Chuva. Decadência. Desconforto. A imagem embala a mercadoria corpo. Com que corpo eu vou? Qualéomeucorpocolonizadoqualaminhaformadecolonizaresercolonizada?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

NuTAAN 2016

Núcleo Taanteatro de Formação, Pesquisa e Criação.

Ocupação Taanteatro

A Ocupação Taanteatro no Teatro de Arena Eugênio Kusnet é destinada à apresentação da produção artística da Taanteatro Companhia e da criação autoral de selecionados colaboradores nacionais e internacionais.

[des]colonizações

O Projeto [des]colonizações sinaliza um novo rumo nas pesquisas coreográficas continuadas da Taanteatro Companhia: a aplicação de estudos pós-coloniais ao campo da dança contemporânea. Nesse blog você encontrará informações sobre os objetivos e etapas do projeto. Bem Vindo!

WordPress.com em Português (Brasil)

As últimas notícias do WordPress.com e da comunidade WordPress

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: