24 de abril de 2019

São Paulo, 24 de abril de 2019
por Pietro Morgado

Sobre a insistência

Como primeiro relato desse ciclo 2019 do NUTAAN, quero falar sobre a insistência. Como essa palavra esteve presente para mim nesses 3 encontros e como vejo sua importância nos processos.

Desde o primeiro exercício que experimentei nesses encontros, a insistência vem tomando forma, em gestos, estados e ações. Ela se manifesta no rigor com que as ações se realizam e no modo que os estados corporais são acessados.

Hoje, 24 de abril de 2019, tivemos nosso primeiro contato com a MAE(Mandala de Energia Corporal) e mais uma vez identifiquei os processos de insistência nos modos de fazer dos gestos e das ações propostas. Começamos a prática, dessa vez, a partir da segunda dança que compõe o programa de sete ações/danças/meditações-ativas/gestos, desenvolvidas no MAE. O “zerar” (segunda dança) estabelece uma relação entre o corpo do performer e o ambiente e gera um estado de concentração. Enquanto ação, o “zerar” também inclui a prática do terceiro olho, gesto que ressignifica a relação performer-ambiente e aguça o estado de concentração.

A segunda dança se fez presente em diversos momentos do encontro, ela atua também como uma convocação para o estado de presença, uma insistência na proposta. Mesmo em momentos de cansaço ou conversa (onde, de maneira geral, existe um distanciamento do estado de presença.) a intenção era sempre de “zerar” e recuperar esse estado, insistir na ação.
A partir desse primeiro/segundo gesto, se inicia o trabalho da terceira dança ou ArcoFlechaAlvo, sequência de ações onde também identifico o rigor/insistência, nesse rito são realizados, direcionamentos do corpo no espaço, modos de respirar e posturas. Cada uma dessas ações possui suas especificidades quanto ao modo de serem realizadas e mais uma vez me vejo pensando no rigor e na insistência.

Venho conversando com muitas pessoas sobre os movimentos de insistência e rigor que ocorrem no planeta, recentemente a terra passou por um período onde muita energia rigorosa e insistente circulou pelo mundo, a quaresma. Não pretendo nesse momento me debruçar sobre as questões religiosas que envolvem a quaresma, mas sim em como esse rito, que movimenta energias em todos os cantos do globo, conversa, de alguma forma, com o que temos experimentado nesses primeiros encontros. Que nesse ciclo, possamos celebrar as insistências!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

NuTAAN 2016

Núcleo Taanteatro de Formação, Pesquisa e Criação.

Ocupação Taanteatro

A Ocupação Taanteatro no Teatro de Arena Eugênio Kusnet é destinada à apresentação da produção artística da Taanteatro Companhia e da criação autoral de selecionados colaboradores nacionais e internacionais.

[des]colonizações

O Projeto [des]colonizações sinaliza um novo rumo nas pesquisas coreográficas continuadas da Taanteatro Companhia: a aplicação de estudos pós-coloniais ao campo da dança contemporânea. Nesse blog você encontrará informações sobre os objetivos e etapas do projeto. Bem Vindo!

WordPress.com em Português (Brasil)

As últimas notícias do WordPress.com e da comunidade WordPress

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: